"Evite problemas de saúde: conheça as flores perigosas para os gatos e como mantê-los seguros em casa"

índice
  1. Flores perigosas para os gatos
    1. Lírio
    2. Antúrio
    3. Cyclamen
    4. Bico-de-papagaio
    5. Copo-de-leite
    6. Dama-da-noite
    7. Espirradeira
    8. Couve do mato
    9. Trombeteira
  2. O que fazer se meu gato ingerir alguma dessas flores?
  3. Como prevenir acidentes com flores perigosas?
  4. Curiosidades sobre os gatos e as flores
  5. Conclusão
  6. Fontes consultadas:

Flores perigosas para os gatos

Se você é um gateiro de plantão, provavelmente já se pegou preocupado com a segurança do seu gato ao ver ele explorando o quintal e se aproximando das flores. Afinal, muitas plantas podem ser tóxicas para os felinos e, se ingeridas, podem causar problemas sérios de saúde. Neste post, vamos te contar quais são as flores perigosas para os gatos e quais os efeitos que elas podem causar no organismo dos bichanos. Fique atento e garanta a segurança do seu felino!

Lírio

Os gatos são extremamente sensíveis à toxina presente no lírio. Ao ingerir essa flor, sinais como vômito, salivação, falta de apetite e urinar com mais frequência podem surgir. Em casos mais graves, o gato pode apresentar insuficiência renal aguda e até morrer. Portanto, fique de olho nos arranjos de lírio que possui em casa!

Antúrio

Essa flor pode causar muito desconforto aos gatinhos. Ao ingeri-la, causa dor e inchaço na boca, salivação, inflamação da faringe, coceira na boca, além de vômito, diarreia e dificuldade para engolir. Por isso, é importante manter o antúrio fora do alcance dos gatos e evitar deixar plantas em vasos baixos, onde eles possam alcançar.

Cyclamen

Essa flor bonita provoca efeitos ruins nos bichanos como: salivação, batimentos cardíacos acelerados, vômito e diarreia. Os efeitos são mais graves se ingerirem as suas raízes, por isso, é importante ter cuidado ao manusear essa planta e mantê-la longe dos gatos.

Bico-de-papagaio

O bico-de-papagaio é muito famoso quando o assunto é decoração, principalmente em épocas natalinas. Entretanto, mantenha seu gatinho longe delas! Essa flor, quando ingerida, gera vários problemas a eles como: gastrite, vômito, diarreia, dor abdominal, coceira na boca e irritação do esôfago. Se você tem essa planta em casa, certifique-se de mantê-la fora do alcance do seu gato.

Copo-de-leite

Essa flor branca e bonita pode ser o pesadelo dos gatos. Se o pet ingerir qualquer parte dela, isso pode gerar salivação excessiva, dor, inchaço e coceira na boca, inflamação da faringe, dificuldade de engolir e até mesmo problemas respiratórios. Por isso, é importante evitar essa planta em casa, principalmente se o seu gato é curioso e gosta de explorar.

Dama-da-noite

Essa flor cheirosa é tóxica para os bichanos. Causa efeitos como: batimentos cardíacos acelerados, dificuldade para respirar, convulsões, paralisia, sintomas gastrointestinais leves a graves. Se você tem essa planta em casa, certifique-se de mantê-la fora do alcance do seu gato e tenha cuidado ao descartar as flores caídas, pois elas podem ser ingeridas pelo felino.

Espirradeira

Quando o gato tem contato com essa flor, os sintomas já podem ser notados alguns instantes após a ingestão. Os sinais incluem: dores abdominais, vômito, salivação e irritação das mucosas. Essa planta é comumente usada em jardins e pode ser atraente para os gatos, por isso, é importante ficar atento e evitar o contato do felino com ela.

Couve do mato

Dependendo da quantidade ingerida, essa flor pode causar convulsões e tremores musculares. Além disso, pode causar dificuldade para respirar, salivação, agitação, vômito, diarreia e lacrimejamento. Os sinais podem ser observados após 15 a 45 minutos da ingestão, por isso, é importante ter cuidado com essa planta e evitar deixá-la acessível aos gatos.

Trombeteira

O envenenamento por esta flor pode levar a sintomas como: batimentos cardíacos acelerados, dificuldade para respirar, pupilas dilatadas, convulsões e paralisia. Por isso, é importante evitar o contato dos gatos com essa planta e, se possível, não tê-la em casa.

O que fazer se meu gato ingerir alguma dessas flores?

Se você suspeita que o seu gato ingeriu alguma dessas flores, é importante agir com rapidez e levar o felino ao médico-veterinário imediatamente. Não tente utilizar receitas caseiras divulgadas na internet para tentar amenizar o envenenamento, pois isso pode piorar o quadro do gato. Apenas o profissional sabe como agir em situações como esta e pode indicar o melhor tratamento para o seu pet.

Como prevenir acidentes com flores perigosas?

A melhor forma de prevenir acidentes com flores perigosas é mantê-las fora do alcance dos gatos. Evite ter essas plantas em casa, principalmente se o seu gato é curioso e gosta de explorar. Caso não seja possível evitar o contato com essas flores, tente mantê-las em locais elevados, onde o gato não consiga alcançá-las. Além disso, é importante ficar atento ao comportamento do gato e, se notar algum sintoma de envenenamento, procure ajuda veterinária imediatamente.

Curiosidades sobre os gatos e as flores

  • Você sabia que os gatos são naturalmente herbívoros e não têm o hábito de ingerir plantas? Porém, algumas espécies podem ser atraentes para eles e, por isso, é importante ficar atento.
  • Além de flores, outras plantas podem ser tóxicas para os gatos, como as folhas de tomate, aloe vera, babosa e algumas espécies de cactos.
  • Os gatos têm um paladar bastante seletivo e podem recusar alimentos que contenham alguma planta que não gostam.
  • Os gatos possuem um sistema digestivo delicado e, por isso, é importante evitar que eles ingiram plantas tóxicas, pois isso pode causar danos sérios à saúde.
  • As flores perigosas para os gatos também podem ser prejudiciais para outros pets, como cães e aves. Por isso, é importante tomar cuidado com todas as espécies de animais que convivem no mesmo ambiente.

Conclusão

Neste post, falamos sobre algumas das flores perigosas para os gatos e quais os efeitos que elas podem causar no organismo dos felinos. É importante ter cuidado com as plantas que possuímos em casa e garantir a segurança do nosso pet. Em caso de ingestão acidental, procure ajuda veterinária imediatamente. Lembre-se: a prevenção é sempre o melhor remédio!

Fontes consultadas:

1. Mundo das plantas: https://mundoeducacao.uol.com.br/biologia/flores-perigosas-para-os-gatos.htm

2. Canina Blog: https://www.caninablog.com.br/blog/2016/05/20/flores-perigosas-para-caes-e-gatos/

3. Revista Meu Pet: https://revistameupet.com.br/flores-perigosas-para-gatos/

Camillo Dantas

Camillo, redator apaixonado, especialista em criar conteúdos envolventes e impactantes para o site. Viaja e estuda incessantemente para produzir textos únicos, inspiradores e precisos.

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up