Gripes e resfriados em cachorros: prevenção, sintomas e tratamento

Gripes e resfriados em cachorros: prevenção
índice
  1. Gripes e resfriados em cachorros
    1. O que causa gripes e resfriados em cachorros?
    2. Quais cães são mais suscetíveis a gripes e resfriados?
    3. Como prevenir gripes e resfriados em cachorros?
    4. Quais são os sintomas de gripes e resfriados em cachorros?
    5. Posso pegar gripe ou resfriado do meu cachorro?
    6. Como tratar gripes e resfriados em cachorros?
    7. Os filhotes e os cães idosos merecem atenção especial?
    8. Como proteger o meu cachorro do frio?
    9. Quais são os cuidados especiais que devo ter com cães braquicefálicos?
    10. Posso dar remédios humanos para tratar gripes e resfriados em cachorros?
    11. Como fortalecer o sistema imunológico do meu cachorro?
    12. Conclusão

Gripes e resfriados em cachorros

Com a chegada do outono e a queda nas temperaturas, é preciso redobrar a atenção com a saúde dos nossos pets. Assim como nós, os cachorros também podem sofrer com gripes e resfriados. Por isso, é importante ficar atento aos sintomas e tomar medidas preventivas para garantir o bem-estar do seu peludo. Neste post, vamos falar sobre as causas, sintomas e formas de prevenção dessas doenças em cães.

O que causa gripes e resfriados em cachorros?

As gripes e resfriados em cachorros são causados por vírus e bactérias, assim como a gripe humana. A condição viral mais comum é a Parainfluenza, mas também pode ser causada pelo Adenovírus canino. Esses vírus afetam as vias respiratórias dos cães, causando inflamações, irritação e lesões na mucosa que cobre essas vias.

Quais cães são mais suscetíveis a gripes e resfriados?

Os cães braquicefálicos, ou seja, aqueles que possuem o focinho achatado, como Lhasa Apso, Bulldog Francês, Pug e Shih Tzu, são mais suscetíveis a doenças respiratórias, incluindo gripes e resfriados. Isso acontece porque esses cães têm uma anatomia que dificulta a respiração, o que os torna mais vulneráveis a problemas respiratórios.

Como prevenir gripes e resfriados em cachorros?

Uma das melhores formas de prevenir gripes e resfriados em cachorros já está sendo imposta pelo novo coronavírus humano – a quarentena e a circulação reduzida. Com menos contato com outros animais, o seu pet tem menos chances de ficar doente. Além disso, evite passear com o seu cachorro em locais com grande concentração de animais, como creches, canis e petshops.

Outra forma de prevenção é manter a higiene do ambiente em que o seu pet vive. Limpe regularmente o espaço e os objetos que ele tem contato, como brinquedos e comedouros. Também é importante manter a vacinação do seu pet em dia, pois ela ajuda a prevenir algumas doenças virais, como a Parainfluenza.

Quais são os sintomas de gripes e resfriados em cachorros?

Os sintomas mais comuns de gripes e resfriados em cachorros são tosse, espirros, coriza, falta de apetite, apatia, dificuldade para respirar e febre. Além disso, o animal pode apresentar secreção nasal e ocular, bem como falta de ar e dificuldade para respirar. Se o seu pet apresentar esses sintomas, é importante procurar um veterinário para que ele seja examinado e receba o tratamento adequado.

Posso pegar gripe ou resfriado do meu cachorro?

Não. A gripe dos cachorros não é contagiosa para os seres humanos, assim como a nossa gripe não é contagiosa para os cães. No entanto, é importante lembrar que algumas doenças podem ser transmitidas dos animais para os humanos, como a raiva e a leptospirose. Por isso, é importante manter a higiene e a vacinação em dia tanto dos animais quanto das pessoas que convivem com eles.

Como tratar gripes e resfriados em cachorros?

Assim como no caso dos humanos, os cachorros também precisam de repouso e cuidados especiais quando estão gripados ou resfriados. O veterinário pode receitar medicamentos para aliviar os sintomas e ajudar o pet a se recuperar mais rapidamente. Também é importante manter o animal aquecido, oferecer uma alimentação saudável e balanceada, além de garantir que ele tenha acesso à água limpa e fresca.

Os filhotes e os cães idosos merecem atenção especial?

Sim. Os filhotes e os cães idosos têm o sistema imunológico mais frágil, o que os torna mais suscetíveis a doenças, incluindo gripes e resfriados. Por isso, é importante oferecer uma proteção extra para esses animais, garantindo que eles tenham uma alimentação adequada e um local quentinho e confortável para dormir. Se o seu pet já tiver alguma complicação de saúde, é ainda mais importante tomar todos os cuidados para evitar que ele fique doente.

Como proteger o meu cachorro do frio?

Além de tomar medidas preventivas para evitar gripes e resfriados, é importante proteger o seu cachorro do frio, principalmente durante o outono e o inverno. Os cães com pelos mais curtos ou aqueles que têm uma pelagem menos densa podem sentir mais frio e precisam de ajuda para se manter aquecidos. Ofereça roupas confortáveis e uma cama quentinha para o seu pet, e evite deixá-lo exposto a aquecedores e lareiras, pois eles podem representar riscos para a sua saúde.

Quais são os cuidados especiais que devo ter com cães braquicefálicos?

Os cães braquicefálicos precisam de cuidados especiais durante todo o ano, mas no outono e no inverno esses cuidados devem ser redobrados. Esses cães são mais propensos a problemas respiratórios, como gripes e resfriados, por isso é importante evitar ambientes com muitos animais, manter a vacinação em dia e garantir que eles estejam sempre aquecidos e confortáveis.

Posso dar remédios humanos para tratar gripes e resfriados em cachorros?

Não. Nunca dê remédios humanos para tratar gripes e resfriados em cachorros. Os medicamentos para humanos podem ser tóxicos e até mesmo fatais para os animais. Além disso, os cães têm um organismo diferente do nosso e podem não reagir bem a esses medicamentos. Sempre consulte um veterinário antes de dar qualquer remédio para o seu pet.

Como fortalecer o sistema imunológico do meu cachorro?

Para garantir que o seu cachorro esteja sempre saudável e com um sistema imunológico forte, é importante oferecer uma alimentação adequada, manter a vacinação em dia e proporcionar atividades físicas e mentais para o animal. Além disso, também é importante evitar o estresse e manter o ambiente sempre limpo e higienizado.

Conclusão

A gripe e o resfriado são doenças comuns em cães, mas que podem ser facilmente prevenidas com medidas simples. Ficar atento aos sintomas, manter a higiene do ambiente e garantir que o seu pet tenha uma alimentação saudável e um local quentinho para dormir são algumas das formas de proteger o seu cão dessas doenças. Em caso de dúvidas ou se o seu pet apresentar sintomas, sempre consulte um veterinário para que ele possa avaliar o animal e indicar o tratamento adequado.

Fonte: Não citar fontes ou referências.

Camillo Dantas

Camillo, redator apaixonado, especialista em criar conteúdos envolventes e impactantes para o site. Viaja e estuda incessantemente para produzir textos únicos, inspiradores e precisos.

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up