Hematúria em cães e gatos: causas, sintomas e tratamento. Descubra como prevenir e cuidar da saúde urinária do seu pet!

Hematúria em cães e gatos: causas
índice
  1. Hematúria em cães e gatos: o que é e o que fazer?
    1. O que é a hematúria em cães e gatos?
    2. Possíveis causas da hematúria em cães e gatos
    3. O que fazer ao identificar a hematúria em cães e gatos?
  2. Cuidados para evitar a hematúria em cães e gatos
  3. Conclusão

Hematúria em cães e gatos: o que é e o que fazer?

A presença de sangue na urina dos animais de companhia pode ser um sinal de alerta para os pais, mas é importante entender que isso não é normal. A hematúria, como é chamada a presença de sangue na urina, é um sintoma de que algo não está certo e deve ser investigado por um médico veterinário.

Neste post, vamos falar sobre as possíveis causas da hematúria em cães e gatos e o que fazer ao identificar esse sintoma no seu pet. Acompanhe e saiba como cuidar da saúde urinária dos seus companheiros de quatro patas.

O que é a hematúria em cães e gatos?

A hematúria é a presença de sangue na urina, que pode ser facilmente identificada pelo tom rosado ou avermelhado da urina. Essa condição pode acontecer tanto em cães quanto em gatos, e indica que há algum problema no trato urinário dos animais.

É importante ressaltar que a hematúria não é uma doença, mas um sintoma de alguma condição subjacente. Por isso, é fundamental identificar a causa e tratar o problema para garantir a saúde e bem-estar do seu pet.

Possíveis causas da hematúria em cães e gatos

Existem várias causas possíveis para a hematúria em cães e gatos, desde problemas mais simples até condições mais graves. Vamos conhecer algumas delas:

Cistite bacteriana ou inflamatória

A cistite é a inflamação ou infecção do trato urinário, que pode afetar tanto cães quanto gatos. Essa condição pode ser causada por bactérias, fungos, vírus ou até mesmo por alterações hormonais.

Em casos de cistite, é comum que o animal apresente outros sintomas, como dificuldade ou dor na hora de urinar, aumento da frequência urinária, urina com mau cheiro e presença de sangue na urina.

A cistite pode ser tratada com medicamentos prescritos pelo médico veterinário e, em casos mais graves, pode ser necessário realizar exames de imagem para avaliar a extensão do problema.

Cálculo urinário (urolitíase)

Assim como os seres humanos, cães e gatos também podem desenvolver cálculos renais ou na bexiga. Essas pedras podem ser compostas por diferentes tipos de minerais e podem causar obstrução do trato urinário, levando à hematúria.

Algumas raças de cães, como Schnauzer miniatura, Yorkshire, Lhasa Apso, Shih-tzu e Dálmata, são mais predispostas a desenvolver cálculos urinários. Já em gatos, essa condição é mais comum em machos, principalmente os que são alimentados com dietas ricas em minerais.

Para prevenir a formação de cálculos urinários, é importante estimular a ingestão de água, principalmente em gatos, que costumam ser mais seletivos com a água que consomem. Além disso, é fundamental manter a alimentação balanceada e seguir as recomendações do médico veterinário.

Cio

No caso das cadelas, durante o cio é comum que haja sangramento vaginal antes da fase fértil. Esse sangramento pode ser confundido com hematúria, mas, na verdade, é uma condição fisiológica e não há motivo para preocupação.

Já nas gatas, não é comum que haja presença de sangue na urina durante o cio, pois o sangramento é mais discreto e pode passar despercebido. Por isso, é importante observar se há outros sintomas além da hematúria antes de se preocupar.

Tumor

Com menor incidência em relação à cistite e urolitíase, o aparecimento de tumor no trato urinário também pode causar hematúria em cães e gatos. Além disso, o tumor também pode provocar outros sintomas, como dificuldade para urinar, dor abdominal e perda de apetite.

É importante lembrar que quanto mais cedo o tumor for diagnosticado, maiores são as chances de sucesso no tratamento. Por isso, é fundamental levar o pet ao veterinário ao identificar qualquer alteração em seu comportamento ou saúde.

Envenenamento

Algumas substâncias tóxicas podem causar danos ao trato urinário dos animais, levando à hematúria. Em casos de envenenamento, é comum que o animal apresente outros sintomas além da presença de sangue na urina, como vômitos, tremores, apatia e dificuldade para respirar.

É importante identificar se há algum produto tóxico próximo ao animal e levá-lo imediatamente ao veterinário para receber o tratamento adequado.

O que fazer ao identificar a hematúria em cães e gatos?

A presença de sangue na urina sempre deve ser avaliada por um médico veterinário, pois pode indicar diferentes problemas de saúde. Ao identificar a hematúria em seu pet, é importante seguir os seguintes passos:

  • Leve o animal ao veterinário: o primeiro passo é agendar uma consulta com o médico veterinário para que ele possa avaliar a saúde do pet e identificar a causa da hematúria.
  • Faça exames complementares: para identificar a causa da hematúria, pode ser necessário realizar exames de imagem, exame de urina e de sangue.
  • Siga as recomendações do médico veterinário: de acordo com o diagnóstico, o médico veterinário irá prescrever o tratamento mais adequado para o seu pet. É fundamental seguir as recomendações à risca para garantir a recuperação do animal.

Além disso, é importante manter a higiene adequada da área onde o animal faz as necessidades, pois a presença de bactérias pode agravar alguns problemas urinários. Trocar a água diariamente e estimular a ingestão de líquidos também ajuda a prevenir a formação de cálculos urinários.

Cuidados para evitar a hematúria em cães e gatos

Algumas medidas simples podem ajudar a prevenir a hematúria em cães e gatos, como:

  • Manter uma alimentação balanceada e adequada para as necessidades do animal;
  • Estimular a ingestão de água, principalmente em gatos;
  • Realizar check-ups anuais no veterinário;
  • Manter a higiene adequada da área onde o animal faz as necessidades;
  • Evitar o contato com substâncias tóxicas;
  • Seguir as recomendações do médico veterinário em relação à saúde do animal.

Com esses cuidados, você pode ajudar a prevenir problemas urinários em seu pet e garantir que ele tenha uma vida saudável e feliz.

Conclusão

A presença de sangue na urina dos animais de companhia é um sinal de alerta e deve ser avaliada por um médico veterinário. Ao identificar a hematúria em cães e gatos, é fundamental seguir as recomendações do profissional e realizar os tratamentos necessários para garantir a saúde e bem-estar do seu pet.

Lembre-se sempre de manter a alimentação e higiene adequadas do animal, além de realizar consultas periódicas ao veterinário para prevenir problemas de saúde. Assim, você garante que seu companheiro de quatro patas tenha uma vida longa e feliz ao seu lado.

Camillo Dantas

Camillo, redator apaixonado, especialista em criar conteúdos envolventes e impactantes para o site. Viaja e estuda incessantemente para produzir textos únicos, inspiradores e precisos.

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up