O que fazer se for mordido por um cachorro? Dicas para prevenir e tratar as mordidas de cães.

índice
  1. O que fazer se for mordido por um cachorro?
    1. Tipo de mordida de cachorro
    2. Perigos da mordida de um cachorro
    3. O que fazer quando for mordido por um cachorro
    4. Atenção redobrada
    5. Evitando as mordidas
    6. Conclusão

O que fazer se for mordido por um cachorro?

Se você é um amante de animais, com certeza já se deparou com a situação de ser mordido por um cachorro. Essa experiência pode ser assustadora e, muitas vezes, gerar dúvidas sobre como agir. Por isso, neste post, vou compartilhar algumas informações importantes sobre o que fazer em caso de mordida de cachorro.

Tipo de mordida de cachorro

Antes de mais nada, é importante entender que existem diferentes tipos de mordida de cachorro, que podem variar de acordo com o tamanho, força e intensidade do animal. Os três principais tipos são:

  • Lesão leve: são as menos preocupantes e geralmente causam apenas arranhões;
  • Perfuração: pode ser superficial ou profunda, mas é sempre importante lembrar que qualquer tipo de ferida é susceptível a infecções;
  • Dilaceração ou esmagamento: essas são feridas mais graves, causadas por cachorros maiores e com muita força no maxilar. Além do risco de infecções, podem causar lesões internas e até fraturas externas.

Perigos da mordida de um cachorro

É comum que, ao ser mordido por um cachorro, a primeira preocupação seja com relação à raiva. Essa doença, causada por um vírus, tem uma alta taxa de mortalidade em cachorros. No entanto, graças às campanhas de vacinação e conscientização, os casos de raiva diminuíram bastante. Mas isso não significa que não devemos nos preocupar.

O principal perigo da mordida de um cachorro é o risco de infecção. A boca desses animais possui mais de 50 tipos de bactérias, que podem penetrar na ferida e, em casos mais graves, cair na corrente sanguínea. Por isso, é importante tomar alguns cuidados logo após a mordida.

O que fazer quando for mordido por um cachorro

Se você for mordido por um cachorro, a primeira coisa a se fazer é lavar a ferida com bastante sabão e água corrente por pelo menos cinco minutos. Em seguida, estanque o sangue com uma toalha limpa e procure ajuda médica. No hospital, o médico fará uma limpeza adequada na ferida e pode receitar antibióticos para prevenir infecções.

É importante ressaltar que, mesmo que a ferida seja profunda, é provável que não seja feita a sutura. Em casos de feridas infeccionadas, é necessário que elas fiquem abertas para cicatrizarem corretamente.

Atenção redobrada

É sempre importante estar atento às possíveis consequências de uma mordida de cachorro. Se você for mordido por um cachorro desconhecido, ou seja, do qual você não saiba o histórico de vacinação, é preciso tomar algumas medidas de precaução:

  • Tente capturar o cachorro para que ele seja avaliado por um veterinário ou, caso não seja possível, fique observando o animal por pelo menos 10 dias;
  • Não deixe de ir ao hospital, mesmo que a mordida tenha sido causada por um cachorro que você não conseguiu capturar. A prevenção é sempre a melhor opção quando se trata de uma doença grave como a raiva.

Evitando as mordidas

Muitas vezes, as vítimas de mordidas de cachorro são crianças. Isso acontece porque elas ainda não têm noção do espaço do animal e não sabem identificar quando o pet está estressado e irritado. Por isso, é importante seguir algumas dicas para evitar mordidas de cachorro:

  • Nunca deixe uma criança pequena sozinha com um cachorro, sempre supervisione o contato entre eles;
  • Respeite o espaço do animal, assim como nós, eles possuem sua própria personalidade e podem não gostar de muito contato físico;
  • Ensine as crianças a respeitarem os animais, ensinando-as a pedir permissão antes de acariciar um cachorro desconhecido.

Conclusão

Em resumo, ser mordido por um cachorro pode ser uma experiência assustadora e perigosa. É importante tomar alguns cuidados básicos logo após a mordida, como lavar a ferida e procurar ajuda médica. Além disso, é fundamental estar atento às possíveis consequências e seguir algumas dicas para evitar mordidas de cachorro. Lembre-se sempre de que os animais têm seus instintos e devemos respeitá-los para garantir a segurança de todos.

Curiosidades sobre mordidas de cachorro

Para finalizar, vamos compartilhar algumas curiosidades sobre mordidas de cachorro que você provavelmente não sabia:

  • A mordida de um cachorro pode ter uma força de até 238 quilos por centímetro quadrado;
  • Cães de guarda, como os pastores alemães e rottweilers, possuem uma mordida mais forte que a de um leão;
  • Os cachorros não têm a intenção de machucar quando mordem, eles apenas estão seguindo seus instintos e tentando se defender;
  • Os filhotes de cachorro brincam de morder para aprender a controlar sua força e a sensibilidade da boca;
  • A saliva de um cachorro possui enzimas que ajudam na cicatrização de feridas, mas ainda assim é importante tomar cuidado com infecções.

Camillo Dantas

Camillo, redator apaixonado, especialista em criar conteúdos envolventes e impactantes para o site. Viaja e estuda incessantemente para produzir textos únicos, inspiradores e precisos.

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up