Visite o AKC Museum of the Dog e conheça a história dos cães presidenciais dos Estados Unidos em uma exposição incrível e interativa. Descubra curiosidades, vote no seu cão favorito e leve para casa lembranças únicas dessa experiência imperdível em Nova Y

Visite o AKC Museum of the Dog e conheça a história dos cães presidenciais dos Estados Unidos em uma exposição incrível e interativa. Descubra curiosidades
índice
  1. O AKC Museum of the Dog
    1. A exposição "Presidential Dogs"
    2. A influência dos cães na história americana
  2. O aplicativo do AKC Museum of the Dog
    1. Dicas para a visita ao AKC Museum of the Dog
    2. Curiosidades sobre os cães presidenciais
  3. Conclusão

O AKC Museum of the Dog

Se você é um amante de cães e está planejando uma viagem para Nova York, não pode deixar de visitar o AKC Museum of the Dog. Localizado no Upper East Side, o museu é dedicado exclusivamente à história e à preservação das raças caninas.

O AKC Museum of the Dog foi fundado em 1982 pelo American Kennel Club (AKC), uma organização americana que registra e promove raças puras de cães. Após passar por algumas mudanças e ser fechado em 1986, o museu reabriu suas portas em fevereiro de 2019 com um novo espaço, moderno e interativo, que recebeu a exposição “Presidential Dogs”.

A exposição "Presidential Dogs"

A nova exposição do AKC Museum of the Dog, "Presidential Dogs", é um verdadeiro presente para os amantes de cães e história. Através de fotografias, objetos e informações, os visitantes poderão conhecer a história dos cães que viveram na Casa Branca ao lado dos presidentes americanos.

Além disso, a exposição também mostra como esses cães tiveram um papel importante na vida dos líderes da nação e como foram retratados pela mídia e pela sociedade.

As raças presentes na exposição

A exposição "Presidential Dogs" apresenta uma variedade de raças que já viveram na Casa Branca, incluindo os famosos Cães D’água Portugueses de Barack Obama e os Foxhounds de George Washington.

Mas não é só isso, outras raças como Airedale Terrier, Beagle, Cocker Spaniel Inglês, Border Collie, Springer Spaniels Inglês, Golden Retriever, Scottish Terrier e Welsh Terriers também serão destacadas na exposição.

A influência dos cães na história americana

A maioria dos presidentes americanos tiveram cachorros como parte de suas famílias durante seus mandatos. E esses cães presidenciais se tornaram figuras importantes na história do país.

Por exemplo, durante a Segunda Guerra Mundial, o Cocker Spaniel de Franklin D. Roosevelt, chamado Fala, se tornou um símbolo de esperança para o povo americano. Já o Beagle de Lyndon B. Johnson, chamado Him, se tornou tão popular que até ganhou uma biografia escrita por sua esposa.

A exceção: Donald Trump

A exposição "Presidential Dogs" mostra uma retrospectiva de todas as raças de cachorros que já viveram na Casa Branca, exceto uma: a raça de Donald Trump.

Isso porque, diferente da maioria dos presidentes, Trump não possui um cachorro. Segundo o jornal Washington Post, o presidente americano declarou que não tinha tempo para cuidar de um pet. Mas, mesmo assim, a exposição não deixa de mostrar fotos dos cães presidenciais mais recentes, os Cães D’água Portugueses de Barack Obama.

O aplicativo do AKC Museum of the Dog

Além da visita ao museu, os visitantes também podem baixar o aplicativo do AKC Museum of the Dog, disponível na Google Play Store e na App Store.

Através do aplicativo, os visitantes podem explorar a exposição "Presidential Dogs" e votar no seu cão presidencial favorito. Além disso, o aplicativo também oferece informações sobre as raças presentes na exposição e curiosidades sobre a história dos cães presidenciais.

Dicas para a visita ao AKC Museum of the Dog

Se você está planejando visitar o AKC Museum of the Dog, aqui vão algumas dicas para tornar sua experiência ainda mais incrível:

  • Compre seus ingressos com antecedência para evitar filas;
  • Use o aplicativo para explorar a exposição e votar no seu cão presidencial favorito;
  • Tire muitas fotos dos objetos e informações interessantes da exposição;
  • Leia as placas e informações com atenção para aprender mais sobre a história dos cães presidenciais;
  • Aproveite para visitar o Central Park, que fica próximo ao museu, e fazer um passeio com seu próprio cachorro;
  • Compre lembranças na loja do museu para relembrar sua visita.

Curiosidades sobre os cães presidenciais

Para finalizar, aqui vão algumas curiosidades sobre os cães presidenciais que você pode conferir na exposição "Presidential Dogs":

  • O primeiro cachorro a viver na Casa Branca foi o Foxhound de George Washington, chamado Sweetlips;
  • O Presidente Calvin Coolidge tinha uma coleção de animais na Casa Branca, incluindo um coelho, um guaxinim, um gato, um canário e até um crocodilo, mas nenhum cachorro;
  • Lyndon B. Johnson era apaixonado por Beagles e chegou a ter até 8 cães da raça vivendo na Casa Branca;
  • A cadela de George W. Bush, chamada Miss Beazley, ganhou até uma miniatura do Air Force One para brincar;
  • O cachorro de Barack Obama, Bo, ganhou uma estátua de cera no Museu Madame Tussauds em Washington, D.C.

Conclusão

O AKC Museum of the Dog é uma atração imperdível para os amantes de cães e história. A exposição "Presidential Dogs" é uma oportunidade única de conhecer mais sobre os cães presidenciais que marcaram a história dos Estados Unidos. Além disso, o aplicativo do museu oferece uma experiência interativa e divertida para os visitantes. Não deixe de incluir o AKC Museum of the Dog em seu roteiro de viagem e explore o fascinante mundo dos cães presidenciais.

Camillo Dantas

Camillo, redator apaixonado, especialista em criar conteúdos envolventes e impactantes para o site. Viaja e estuda incessantemente para produzir textos únicos, inspiradores e precisos.

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up