"Border Collie em apartamento: dicas para conviver com esse cão inteligente e cheio de energia | Pet Love"

Border collie em apartamento
Por Ana Luísa -
14 de abril de 2018

Muito inteligente, esperto, brincalhão e companheiro, o cachorro Border Collie é uma das melhores escolhas para quem quer um amigo para a vida inteira, e que vá te acompanhar em todos os desafios, passeios e aventuras que você e sua família fizerem.

De porte médio e com bastante pelo, os futuros papais e mamães que pensam em adotar um filhote da raça de cachorro Border Collie se fazem com frequência a seguinte pergunta: esse cãozinho se dá bem em apartamentos?
É possível que um animalzinho tão elétrico e cheio de vida e energia se adapte a espaços pequenos?
Se você está nessa situação, mas está avaliando se um Border Collie seria mesmo a melhor opção para morar no seu apartamento, esse texto é para você.
Temperamento do Border Collie
Antes de perder tanto tempo se perguntando se seu futuro amiguinho se adaptaria a um apartamento, é importante que você entenda um pouco sobre o border collie e seu temperamento.
Os cães desta raça gostam de brincar muito. Seu maior divertimento é passar horas correndo, gastando energia, correndo atrás de bolas ou de outros objetos que possam perseguir. Quer deixar um filhote Border Collie feliz? Dê desafios a ele.
Ensine brincadeiras em que ele possa usar sua inteligência para resolver os enigmas e conseguir algumas recompensas, por exemplo.
Muito leal, o Border Collie estará sempre junto do papai ou mamãe, principalmente se puderem fazer exercícios juntos. Sabe aquela caminhadinha no parque aos finais de semana que você vive adiando? Que tal levar seu amigo peludo para tomar ar fresco e aproveitar esses momentos felizes juntos? Aposto que ele irá adorar. Esses passeios, aliás, devem fazer parte da rotina do seu border, não podendo ser algo esporádico.
Extremamente concentrado em todas as suas atividades, o Border Collie chega até mesmo a ser um pouquinho provocador, já que gosta de encarar outros animais ou até mesmo brincar de “pega-pega”. Bom, no mundo animal esse lado brincalhão pode não ser tão bem visto.
Além disso, ter um amiguinho dessa raça significa que você estará à salvo de qualquer perigo, afinal o ele é muito protetor, e pode até ser um pouquinho arisco com estranhos, principalmente se ele desconfiar que essa pessoa (ou animal) pode fazer mal a seu humano favorito. Fazer um trabalho de socialização desde cedo é fundamental.
Adestramento
Bem, depois de ler tudo isso você ficou convencido de que esse é o cãozinho ideal para viver com você em seu apartamento, certo? Então que tal pensar no adestramento para seu Border Collie?
Sim, apesar de todas essas características positivas, o cão dessa raça pode ser um pouquinho insistente e fazer mais bagunça do que você planejava em seu apartamento, especialmente se estiver frustrado por falta de exercícios mentais e físicos. Então, para evitar encrencas com vizinhos, ou mesmo encontrar chinelos destruídos e roupas rasgadas, invista em aulas de boas maneiras para seu cãozinho.
Processo
Para que o adestramento do seu pet funcione, é preciso que comece cedo. O ideal aqui é treiná-lo enquanto ele é um filhote de Border Collie.
Embora seja tão inteligente, até para não assustar o animalzinho, o melhor é começar o adestramento com comandos simples, para que ele vá assimilando as palavras e ações aos poucos.
Por ser um tantinho desconfiado e provocador, no momento do adestramento e da socialização, procure sempre mostrar a ele que os outros cães são amigos e não uma ameaça. Assim, quem sabe, ele provoque menos os cães da vizinhança? 
Paciência
Um conselho muito importante para quem vai adestrar um filhote de Border Collie é ter paciência, respeitando o tempo de aprendizado do bichinho, mas sempre sendo firme com ele, mostrando que ele pode confiar em você, por isso deve atender ao seu pedido para ser recompensado.
Por ser tão inteligente, alguns borders podem questionar sua autoridade durante o treinamento, principalmente se já forem animais adultos. Se esse for o caso do seu amiguinho, tenha calma.
Seja com essa ou com qualquer outra raça de cãozinho que vá passar por um processo de adestramento, a paciência é um item muito importante. Afinal, o bichinho aprenderá bastante coisa e é natural que não concorde com alguns comandos ou considere as aulas uma grande brincadeira.
Afinal, ter um Border Collie em apartamento?
Você até pode ter um Border Collie em apartamento, mas precisa ponderar a respeito do seu estilo de vida e as condições de bem-estar que irá oferecer para ele. Com uma boa educação, muito amor, atenção, exercícios mentais e passeios diários, a raça é capaz de se adaptar bem aos apartamentos. Além disso, por ser tão companheiro e leal, ele será uma excelente companhia para aquelas tardes de chuva e filmes.
Se apaixonou pelos cãezinhos dessa raça? Está pensando em adotar um? Comente se essas dicas foram úteis para sua decisão. 

#bordercollie #cachorro #pet #YesPets

Camillo Dantas

Camillo, redator apaixonado, especialista em criar conteúdos envolventes e impactantes para o site. Viaja e estuda incessantemente para produzir textos únicos, inspiradores e precisos.

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up