"Descubra os benefícios de ter um gato em casa durante a pandemia: menos solidão, ansiedade e mais proximidade com seu companheiro felino"

índice
  1. Ter um gato oferece benefícios aos humanos
    1. A pesquisa
    2. Adaptação pós-pandemia
  2. Outros benefícios conhecidos
    1. Saúde mental e afetiva
    2. Atividade física
    3. Companheirismo
    4. Redução da pressão arterial
    5. Melhora no sistema imunológico
  3. Curiosidades sobre os gatos
  4. Dicas para cuidar do seu gato durante a pandemia
  5. Conclusão

Ter um gato oferece benefícios aos humanos

Você sabia que ter um gato em casa pode trazer inúmeros benefícios para os humanos? Além de serem fofinhos e companheiros, esses bichinhos também podem ser grandes aliados para a nossa saúde mental e física. Não é à toa que muitas pessoas se consideram "pais" ou "mães" de gatos e não apenas donos. E para comprovar essa teoria, uma pesquisa realizada pela Royal Canin nos Estados Unidos revelou algumas das vantagens de se ter um gato como animal de estimação, principalmente durante a pandemia de Covid-19.

A pesquisa

Realizada pelo instituto de pesquisa OnePoll, a pesquisa analisou a vida de dois mil pais e mães de gatos durante o período de pandemia e isolamento social. Além disso, a maioria dos entrevistados também possuía um cachorro em casa. Os resultados trouxeram algumas revelações interessantes sobre como os gatos podem nos fazer bem.

Sentimento de solidão

Um dos principais benefícios relatados pelos entrevistados foi a diminuição do sentimento de solidão. Com a pandemia e o isolamento social, muitas pessoas tiveram que ficar em casa e se afastar de amigos e familiares. Nesse contexto, os gatos foram grandes companheiros e ajudaram a preencher esse vazio. Mais da metade dos entrevistados (57%) afirmou se sentir menos sozinho com a presença do felino.

Ansiedade

A ansiedade é outro problema enfrentado por muitas pessoas durante esse período de incertezas. E, mais uma vez, os gatos mostraram sua capacidade de nos fazer bem. Quase metade dos entrevistados (49%) relatou que se sentiu menos ansioso com a companhia do bichano.

Companhia e conversa

Outro benefício destacado pelos entrevistados foi ter alguém para conversar. Muitas vezes, desabafar com um amigo peludo é uma ótima maneira de aliviar o estresse e a ansiedade. E para 41% dos entrevistados, o gato foi esse amigo fiel e ouvinte.

Descobertas durante a quarentena

Com mais tempo em casa, muitas pessoas puderam se dedicar mais à observação e ao cuidado com seus gatos. E isso resultou em descobertas interessantes. Segundo a pesquisa, 64% dos entrevistados encontraram um novo local em que seu gato gosta de se esconder e 57% descobriram um novo comportamento dos felinos.

Sensação de positividade

Além de todos esses benefícios, 35% dos entrevistados relataram que ter um gato em casa trouxe uma sensação de positividade para seus dias. Esses bichinhos são especialistas em alegrar o ambiente e trazer boas energias.

Mais proximidade com o gato

Com a rotina mais flexível e mais tempo em casa, três em cada quatro entrevistados afirmaram que ficaram mais próximos de seus gatinhos durante a quarentena. Isso é ótimo para fortalecer o vínculo entre humano e felino.

Adaptação pós-pandemia

Mesmo com tantas vantagens, é importante lembrar que a rotina dos gatos pode ser afetada com a volta à "vida normal" após a pandemia. Por isso, a veterinária Laura Pletz, Gerente de Serviços Científicos da Royal Canin, faz um alerta aos tutores: "Embora muitos gatos estejam gostando da atenção de seus familiares por estarem em casa, a maioria dos felinos é independente e faz um bom trabalho na estruturação do seu dia. Os tutores devem fazer mudanças graduais para ajudar a reduzir o estresse e facilitar a transição de volta à vida normal".

Outros benefícios conhecidos

Além dos resultados dessa pesquisa, já é sabido que a presença de um gato em casa pode trazer inúmeros benefícios para a saúde e bem-estar dos humanos. A seguir, listamos alguns dos principais benefícios que os felinos domésticos podem nos proporcionar:

Saúde mental e afetiva

Os gatos são excelentes companheiros para aliviar o estresse, a ansiedade e a solidão. Com sua personalidade tranquila e carinhosa, eles nos ajudam a manter a saúde mental e afetiva em dia.

Atividade física

Cuidar de um gato também pode ser uma forma de se manter ativo e saudável. Alimentação, limpeza e brincadeiras são algumas tarefas diárias que exigem movimentação e podem ser benéficas para a nossa saúde física.

Companheirismo

Os gatos são ótimos companheiros em todas as horas. Eles estão sempre ao nosso lado, seja para assistir TV, ler um livro ou simplesmente descansar. Com sua presença tranquila e amorosa, eles nos fazem companhia e nos ajudam a nos sentirmos menos sozinhos.

Redução da pressão arterial

Estudos já comprovaram que a presença de um gato em casa pode ajudar a reduzir a pressão arterial, principalmente em pessoas com hipertensão. Isso se deve ao efeito calmante e relaxante que os felinos podem proporcionar.

Melhora no sistema imunológico

A convivência com gatos desde a infância pode ajudar a fortalecer o sistema imunológico das crianças. Isso porque os gatos podem trazer para dentro de casa algumas bactérias e alérgenos que, a longo prazo, podem ajudar a prevenir alergias e fortalecer o sistema imunológico.

Curiosidades sobre os gatos

Além de todos esses benefícios, os gatos também são cheios de curiosidades e peculiaridades. Confira algumas delas:

  • Os gatos têm cerca de 100 sons diferentes, enquanto os cães possuem apenas 10.
  • A expectativa de vida de um gato pode variar entre 12 e 20 anos.
  • Os gatos possuem um campo de visão de aproximadamente 200 graus, enquanto os humanos possuem 180 graus.
  • Os gatos passam cerca de 30% do seu tempo se limpando.
  • Os gatos têm uma habilidade incrível para se equilibrar, graças aos seus reflexos rápidos e ao sistema vestibular em seus ouvidos.

Dicas para cuidar do seu gato durante a pandemia

Com a pandemia, muitas pessoas passaram a ficar mais tempo em casa e, consequentemente, mais tempo com seus gatos. Porém, é importante lembrar que, com a volta à rotina normal, essa convivência pode mudar. Por isso, separamos algumas dicas para ajudar os tutores a cuidar do seu gato durante esse período:

  • Mantenha a rotina do seu gato: tente manter os horários de alimentação, brincadeiras e limpeza da caixa de areia. Isso ajudará o gato a se adaptar melhor à volta à rotina normal.
  • Estimule a independência do gato: os felinos são animais independentes e gostam de ter um espaço só deles. Por isso, deixe que o gato tenha seu próprio cantinho em casa e estimule sua independência.
  • Não mude a alimentação de forma brusca: caso seja necessário mudar a alimentação do seu gato, faça isso gradualmente, misturando a nova ração com a antiga. Isso ajudará a evitar problemas digestivos.
  • Não esqueça das vacinas: mesmo durante a pandemia, é importante manter a carteira de vacinação do seu gato em dia. Consulte um veterinário para saber quais vacinas são necessárias e como realizá-las de forma segura.

Conclusão

Ter um gato em casa pode trazer inúmeros benefícios para a nossa saúde e bem-estar. Além de serem ótimos companheiros, esses bichinhos podem nos ajudar a lidar com o estresse, a ansiedade e a solidão, principalmente durante a pandemia. Porém, é importante lembrar que, com a volta à rotina normal, é necessário ter alguns cuidados para garantir o bem-estar do felino. Com amor, carinho e atenção, a convivência entre humanos e gatos pode ser muito benéfica para ambos.

E você, é pai ou mãe de gato? Conte para nós nos comentários quais benefícios seu peludinho te trouxe durante a pandemia. E não se esqueça de compartilhar essa postagem com outros amantes de gatos! ?

Camillo Dantas

Camillo, redator apaixonado, especialista em criar conteúdos envolventes e impactantes para o site. Viaja e estuda incessantemente para produzir textos únicos, inspiradores e precisos.

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up