Descubra os mitos e verdades sobre o gato SRD (Vira-lata) e entenda por que eles são tão amados e populares no Brasil.

índice
  1. Mitos e verdades sobre o gato SRD (Vira-lata)
    1. O que é um gato SRD?
    2. Por que o gato SRD é conhecido como vira-lata?
    3. “Gato pode tomar leite de vaca”
    4. “Gato Vira-lata vive mais”
    5. “Gato SRD estão entre os mais inteligentes”
    6. “Todo gato de rua é Vira-lata”
    7. “Não dá pra prever o tamanho de um gato Vira-lata”
    8. “Gato Vira-lata dá menos trabalho”
    9. Curiosidades sobre o gato SRD
  2. Conclusão

Mitos e verdades sobre o gato SRD (Vira-lata)

O que é um gato SRD?

Antes de falarmos sobre os mitos e verdades sobre o gato SRD, é importante entender o que essa sigla significa. SRD é a abreviação de sem raça definida, ou seja, é o gato que não possui uma raça ou pedigree. Isso significa que não é possível saber ao certo a sua origem genética, mas não significa que ele seja menos especial ou amado por isso.

Por que o gato SRD é conhecido como vira-lata?

O termo vira-lata é utilizado para se referir a cães e gatos que não possuem raça definida. Ele surgiu a partir da ideia de que esses animais são “misturados” e, portanto, não possuem uma raça específica. No Brasil, o termo é bastante utilizado e até mesmo celebrado, como no dia do Vira-lata, comemorado em 31 de julho.

“Gato pode tomar leite de vaca”

Mito – Esse é um dos clássicos! Mesmo que nossos pais ou avós já tenham feito isso na maior das boas intenções, é sabido que qualquer leite que não seja da mamãe gato (ex.: leite de vaca, cabra etc.) pode fazer muito mal aos gatos. Exceções ao leite felino ficam por conta somente de uma prescrição de um médico veterinário ou zootecnista, que podem, dependendo do caso, indicar o uso de algum sucedâneo (substituto do leite) ou alguma fórmula específica para o pet.

“Gato Vira-lata vive mais”

Mito – Digamos que pode ser considerada uma meia verdade… É que, de fato, a expectativa desses peludinhos é grande, em torno de 20 anos! Porém, raças como o American Curl, American Shorthair, Bobtail Japonês, Ragamuffin, Tonquinês, entre outras, também costumam viver tanto quanto os Vira-latas. O que conta mesmo é o “lifestyle” do pet, já que pesquisas apontam que os gatos que levam uma vida 100% domiciliada têm uma expectativa de vida quase três vezes maior em relação àqueles que ficam dando suas voltinhas na rua.

“Gato SRD estão entre os mais inteligentes”

Verdade – Muitos apontam o Bengal como a raça mais inteligente, já que sua origem vem do cruzamento entre o felino selvagem e o doméstico. Porém, na maioria dos rankings feitos por aí, os gatos Vira-latas sempre são lembrados, pois a mistura de raças seria um fator capaz de influenciar positivamente a inteligência destes felinos domésticos.

“Todo gato de rua é Vira-lata”

Mito – “Erroouuu”, já diria o meme… O que define se o gato é Vira-lata não é o fato dele ter ou não uma casa para chamar de sua ou se ele recebe os cuidados e carinhos de uma família humana. Claro, por serem a maioria no País – 59% segundo o PetSenso 2020 DogHero e Pet – os Vira-latas são bastante numerosos nas ruas também, mas o fato deles vagarem por aí nada tem a ver com a definição da sua raça. São coisas beeem diferentes.

“Não dá pra prever o tamanho de um gato Vira-lata”

Verdade – Sem conhecer os pais do peludinho fica difícil mesmo prever qual tamanho o seu filho de quatro patas terá na vida adulta, por isso é sempre bom considerar que o pet possa ficar maior do que você está imaginando. A mistura de raças pode também dificultar em prever certas características do gato, como: tendência a miar e sua disposição para atividades físicas.

“Gato Vira-lata dá menos trabalho”

Mito – Outro clássico que caiu em desuso faz tempo – ou pelo menos deveria! Um mitaço, já que todo gato, independentemente da raça, precisa receber todos os cuidados necessários para uma vida saudável. Isso inclui: carteira de vacinação em dia, alimentação de qualidade, visitas ao médico veterinário, enriquecimento ambiental e, claro, tempo útil diário para brincar e cuidar da higiene do peludinho. Dá trabalho? Dá! Mas nada menos do que qualquer outra raça.

Curiosidades sobre o gato SRD

  • O gato SRD é o animal de estimação mais popular do Brasil e do mundo, superando até mesmo os cães.
  • Os gatos SRD são conhecidos por sua versatilidade e adaptabilidade, se adaptando facilmente a diferentes ambientes e estilos de vida.
  • Apesar de não terem uma raça definida, os gatos SRD podem apresentar características físicas semelhantes a algumas raças, como siamês, persa e siamês.
  • Os gatos SRD são extremamente inteligentes e podem aprender truques e comandos com facilidade, assim como raças puras.
  • Assim como os cães, os gatos SRD também podem ser treinados para usar a caixa de areia e fazer as necessidades no lugar correto.
  • Os gatos SRD são excelentes companheiros e podem ser muito afetuosos e carinhosos com seus tutores.
  • Apesar de serem conhecidos como vira-latas, os gatos SRD são únicos e especiais, cada um com sua personalidade e características próprias.
  • Adotar um gato SRD é uma atitude nobre e ajuda a diminuir o número de animais abandonados e a dar uma segunda chance a esses peludinhos.
  • Os gatos SRD são ótimos caçadores e podem ajudar a manter a casa livre de roedores e insetos.
  • Assim como os gatos de raça, os gatos SRD também precisam de amor, cuidados e atenção, e podem ser excelentes companheiros para toda a vida.

Conclusão

Como podemos ver, os gatos SRD, ou vira-latas, são cheios de mitos e verdades que cercam essa “raça” tão amada e popular. O importante é lembrar que eles são animais únicos e especiais, assim como todas as outras raças, e merecem amor, cuidado e respeito. Adotar um gato SRD é uma atitude nobre e ajuda a dar uma segunda chance a esses peludinhos, que podem se tornar excelentes companheiros para toda a vida.

Camillo Dantas

Camillo, redator apaixonado, especialista em criar conteúdos envolventes e impactantes para o site. Viaja e estuda incessantemente para produzir textos únicos, inspiradores e precisos.

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up