Dogwalker: contratar para garantir o bem-estar e saúde do seu pet

Dogwalker: contratar para garantir o bem-estar e saúde do seu pet
índice
  1. Dogwalker: quando contratar
    1. Por que contratar um dogwalker?
    2. O que considerar ao contratar um dogwalker?
    3. Como funciona o serviço de dogwalker?
    4. Quais são os benefícios de contratar um dogwalker?
    5. Curiosidades sobre dogwalkers
    6. Dicas para passear com seu cachorro
    7. Conclusão

Dogwalker: quando contratar

Por que contratar um dogwalker?

Muitas pessoas ainda podem se perguntar sobre a necessidade de contratar um dogwalker para cuidar do seu pet. Afinal, passear com o cachorro é uma tarefa aparentemente simples e que pode ser facilmente realizada pelos próprios donos. No entanto, existem situações em que essa contratação pode ser benéfica tanto para o cachorro quanto para o dono. Confira algumas delas:

  • Rotina agitada: se você passa muito tempo fora de casa devido ao trabalho ou outros compromissos, pode ser difícil encontrar tempo para passear com seu cachorro. Nesse caso, um dogwalker pode ajudar a garantir que seu pet tenha suas voltinhas diárias e não fique entediado ou estressado.
  • Cachorro com muita energia: alguns cachorros possuem uma energia inesgotável e precisam de mais do que um simples passeio para se sentirem satisfeitos. Se mesmo depois de passear com seu cachorro ele ainda está agitado, um dogwalker pode ser a solução para gastar essa energia extra.
  • Viagens: quando precisamos viajar, muitas vezes não podemos levar nosso cachorro junto e ficamos preocupados com quem vai cuidar dele na nossa ausência. Nesse caso, um dogwalker pode ser contratado para levar o cachorro para passear enquanto você estiver fora, garantindo que ele continue se exercitando e se divertindo.

O que considerar ao contratar um dogwalker?

Ao decidir contratar um dogwalker, é importante fazer uma boa pesquisa e levar em consideração alguns aspectos para garantir que seu pet fique em boas mãos. Confira algumas dicas:

  • Experiência: verifique se o dogwalker possui experiência em lidar com cachorros e se já trabalhou com diferentes raças e temperamentos. Isso é importante para garantir que ele saiba lidar com situações adversas, como brigas entre os cachorros ou algum comportamento mais agressivo.
  • Quantidade de cachorros: é importante saber quantos cachorros o dogwalker costuma levar por passeio. Um profissional experiente sabe a quantidade ideal de cães que pode cuidar ao mesmo tempo, garantindo a segurança e o bem-estar de todos.
  • Treinamento: procure saber se o dogwalker possui algum tipo de treinamento ou certificação em cuidados com cachorros. Isso pode ser um diferencial na hora de escolher um profissional confiável.
  • Referências: não deixe de pedir referências de outros clientes do dogwalker. Assim, você poderá ter uma ideia sobre a qualidade do serviço prestado e a satisfação dos clientes.

Como funciona o serviço de dogwalker?

O dogwalker é responsável por levar o cachorro para passear em horários e locais combinados previamente com o dono. Esse passeio pode ser realizado na rua, em parques ou em locais específicos para cães. O profissional também pode levar brinquedos para interagir com o cachorro durante o passeio e garantir que ele se exercite e se divirta.

Além disso, o dogwalker também pode ser responsável por trocar a água e a comida do cachorro durante o passeio, caso seja necessário. É importante que o dono informe ao profissional sobre a rotina do cachorro, como horários de alimentação e necessidades especiais, para que ele possa cuidar do pet da melhor forma possível.

Quais são os benefícios de contratar um dogwalker?

Contratar um dogwalker pode trazer diversos benefícios para o cachorro e para o dono. Confira alguns deles:

  • Exercício e socialização: o passeio é uma forma importante de exercício para o cachorro, contribuindo para sua saúde física e mental. Além disso, ao passear com outros cães, o pet também pode socializar e aprender a conviver com outros animais.
  • Menos estresse: quando ficam muito tempo dentro de casa, os cachorros podem ficar entediados e estressados, o que pode resultar em comportamentos destrutivos. Com o passeio, o cachorro pode gastar energia e se distrair, diminuindo o estresse e melhorando seu bem-estar.
  • Conveniência: para donos com rotinas agitadas, contar com um dogwalker pode ser uma opção mais conveniente do que ter que ajustar seus horários para passear com o cachorro.

Curiosidades sobre dogwalkers

Confira algumas curiosidades sobre a profissão de dogwalker:

  • O serviço de dogwalker surgiu nos Estados Unidos, na década de 1960, quando as mulheres começaram a trabalhar fora e não tinham tempo para cuidar dos cachorros.
  • Alguns dogwalkers oferecem serviços adicionais, como adestramento e cuidados com a higiene do cachorro.
  • O nome dogwalker vem do inglês, onde "dog" significa cachorro e "walker" significa andar, ou seja, "andador de cachorros".

Dicas para passear com seu cachorro

Mesmo contratando um dogwalker, é importante que o dono também participe dos passeios com seu cachorro. Confira algumas dicas para tornar o passeio ainda mais divertido e seguro:

  • Escolha um horário adequado: é importante evitar os horários mais quentes do dia para passear com seu cachorro, pois ele pode ficar muito cansado e até mesmo ter problemas de saúde.
  • Utilize coleira e guia: é fundamental manter seu cachorro sempre preso por uma guia durante o passeio, para garantir sua segurança e evitar que ele fuja ou se envolva em brigas com outros cães.
  • Leve sacolinhas para recolher as fezes do cachorro: é importante sempre recolher as fezes do seu cachorro durante o passeio para manter a limpeza das ruas e parques.
  • Aproveite para ensinar comandos básicos: durante o passeio, você pode aproveitar para ensinar comandos básicos ao seu cachorro, como "senta" e "fica". Isso ajuda a manter o pet sob controle e também é uma forma de estreitar o vínculo entre vocês.

Conclusão

Contratar um dogwalker pode ser uma ótima opção para garantir que seu cachorro tenha uma rotina saudável e feliz, mesmo quando você não pode estar presente o tempo todo. No entanto, é importante realizar uma pesquisa cuidadosa e escolher um profissional confiável e experiente para cuidar do seu pet. Além disso, não deixe de participar dos passeios com seu cachorro, pois isso é fundamental para fortalecer a relação entre vocês e garantir que ele seja um cão equilibrado e feliz.

Camillo Dantas

Camillo, redator apaixonado, especialista em criar conteúdos envolventes e impactantes para o site. Viaja e estuda incessantemente para produzir textos únicos, inspiradores e precisos.

Receitas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up